Controle de Processos

Acesso restrito aos clientes e colaboradores da Tannus Sociedade de Advogados. Acompanhamento em tempo real do andamento processual.

Informativos

Cadastre seu e-mail para receber informativos da Tannus Sociedade de Advogados

Cotação da Bolsa de Valores

Bovespa 0,92% . . . .
Dow Jone ... % . . . .
Espanha 0% . . . .
França 0,43% . . . .
Japão 1,86% . . . .
NASDAQ 0,02% . . . .
S&P 500 0,31% . . . .

Previsão do tempo

Hoje - Campinas, SP

Máx
21ºC
Min
8ºC
Predomínio de

NOTÍCIAS

Webmail

Clique no botão abaixo para ser direcionado para nosso ambiente de webmail.

Em um ano, ministro Edson Fachin recebeu 147 inquéritos oriundos de investigações da Lava-Jato

Desde fevereiro de 2017 – quando foi sorteado para assumir a relatoria dos processos oriundos da chamada Operação Lava-Jato – o ministro Edson Fachin, do Supremo Tribunal Federal (STF), já recebeu em seu gabinete 147 inquéritos surgidos das investigações de desvios de recursos da Petrobras – 44 herdados do relator original, ministro Teori Zavascki (falecido), e 103 recebidos como relator originário. Min. Edson Fachin - STFDesse total de processos, 21 tiveram denúncia oferecida pela Procuradoria-Geral da República (PGR), sendo que cinco se transformaram em ações penais – dois enviados para a revisão, dois em fase de diligências finais e um aguardando resposta à acusação. Três denúncias foram rejeitadas e três estão em julgamento, interrompido por pedidos de vista. Os outros dez inquéritos com denúncia apresentada estão em processamento.De acordo com o levantamento pulgado pelo gabinete do ministro Fachin, 61 inquéritos foram redistribuídos para outros ministros e nove foram remetidos a outros juízos. A pedido da PGR, seis inquéritos foram arquivados.O ministro Edson Fachin foi sorteado relator dos processos da Lava-Jato, em fevereiro de 2017, após o falecimento do relator originário, ministro Teori Zavascki, ocorrido em janeiro do ano passado.Leia a íntegra do levantamento.
15/02/2018 (00:00)
Visitas no site:  630918
© 2018 Todos os direitos reservados - Certificado e desenvolvido pelo PROMAD - Programa Nacional de Modernização da Advocacia